Dois turistas sequestrados na República Democrática do Congo

Milicianos suspeitos emboscaram britânicos, matando um dos guardas do parque que os acompanhava.

Dois turistas sequestrados na República Democrática do Congo

Dois turistas britânicos foram sequestrados no Parque Nacional de Virunga, na República Democrática do Congo, informou a rádio da ONU na sexta-feira.

Segundo a agência, os turistas foram emboscados na província de Kivu do Norte, quando voltavam para a cidade de Goma.

'' Eles vieram do local turístico de Kibumba quando seu veículo foi emboscado. Um dos guardas do parque que acompanhou os turistas foi morto, disse Joel Wengamulay, diretor de comunicações do parque, segundo a rádio da ONU.

Condenando o ataque contra os turistas, ele prometeu fornecer mais detalhes sobre o incidente, observando que as investigações estão em andamento.

Um oficial de segurança em Kivu do Norte, o tenente Juma Mbongo, disse que as organizações de segurança começaram a caçar os homens armados não identificados. Ele disse que eles estabeleceram que os turistas são britânicos.

''Estamos fazendo todo o possível para resgatar os turistas sequestrados. Ainda não identificamos quem os sequestrou. Nós suspeitamos que eles são milicianos."

Sequestros e assassinatos de estrangeiros e trabalhadores são comuns na República Democrática do Congo. Alguns meses atrás, dois especialistas da ONU foram mortos por milicianos. No mês passado, cinco guardas florestais e um motorista foram mortos em uma emboscada no Parque Nacional de Virunga.



Notícias relacionadas