• Galeria de Vídeos

Colômbia suspende as negociações de paz com o ELN depois de uma série de atentados

O presidente Colombiano, Juan Manuel Santos, anunciou a suspensão das conversações de paz com o grupo guerrilheiro Exército de Libertação Nacional (ELN).

Colômbia suspende as negociações de paz com o ELN depois de uma série de atentados

O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, anunciou a suspensão das conversações de paz com os guerrilheiros do Exército de Libertação Nacional (ELN), depois dos atentado cometidos pelo grupo durante este fim de semana contra a polícia no norte do país, que mataram 7 elementos das forças policiais e deixaram outros 47 feridos.

“Tomei a decisão de suspender o início da 5ª ronda de negociações que estava prevista para os próximos dias, até que haja coerência entre as palavras e os atos da ELN” – afirmou o presidente colombiano.

Santos justificou a decisão de suspender as negociações com o ELN devido aos 3 atentados ocorridos este fim de semana, todos com recurso a bombas. As autoridades consideram que os guerrilheiros do ELN estão por detrás de todos estes atentados. O mais mortífero dos três ocorreu em Barranquilla, onde morreram 5 polícias e outros 41 ficaram feridos.



Notícias relacionadas