O Nobel do mundo islâmico foi atribuído a um turco

O professor turco Sami Erol Gelenbe venceu a segunda edição do Prémio Mustafa, no campo da ciência e tecnologia.

O Nobel do mundo islâmico foi atribuído a um turco

O professor turco Sami Erol Gelenbe, um catedrático do Imperial College de Londres, conquistou o Prémio de Ciências Mustafa, atribuído pelo Irão, e que é conhecido como o Nobel do mundo do islão.

O cientista turco Sami Erdol Gelenbe recebeu o Prémio Mustafa devido ao seu trabalho sobre redes e sistemas informáticos e à sua análise da matemática. Para além da distinção o Prof. Gelenbe vai também receber um prémio monetário no valor de 500 mil dólares.

O Prémio Mustafa é atribuído uma vez a cada dois anos, aos investigadores e cientistas do mundo islâmico com obra de relevo na ciência e tecnologia.

Este ano foram avaliados 241 trabalhos desenvolvidos em 31 países, nas áreas da nanotecnologia, tecnologias da informação, biotecnologia e medicina.

O Prémio Mustafa foi criado em honra de um dos nomes do profesta do islão, pela sua insistência na necessidade de obtenção de conhecimento.



Notícias relacionadas