"Não acredito que os chanceleres da UE decidam impor novas sanções contra o Irã"

A Alta Representante da União, Federica Mogherini, compareceu perante a imprensa antes da reunião do Conselho dos Negócios Estrangeiros da UE.

"Não acredito que os chanceleres da UE decidam impor novas sanções contra o Irã"

A Alta Representante da União, Federica Mogherini, compareceu perante a imprensa antes da reunião do Conselho dos Negócios Estrangeiros da UE,

A Alta Representante da União para Assuntos Exteriores e Política de Segurança, Federica Mogherini, afirmou que não acredita que os ministros das Relações Exteriores da União Europeia (UE) decidam implementar novas sanções contra o Irã.

Mogherini, que compareceu perante a imprensa antes da reunião do Conselho de Relações Exteriores da UE, que reúne os ministros das Relações Exteriores dos Estados membros em Luxemburgo, disse que as principais questões a serem abordadas serão a Síria, Rússia, Irã e os Balcãs Ocidentais.

Ela afirmou que os 28 estados da UE confirmarão novamente sua posição contra o uso de armas químicas na Síria, e que se prepararão para a Conferência sobre a Síria que ocorrerá entre 24 e 25 de abril na capital belga de Bruxelas.

Ela ressaltou que espera que todos os países membros apóiem ​​o acordo nuclear com o Irã.

"Ainda temos algumas sanções contra o Irã. Eu não prevejo que os ministros das Relações Exteriores de hoje tomem uma decisão sobre as novas sanções", disse ela.


Etiquetas: ONU

Notícias relacionadas