Falso alerta causa a evacuação de trens na Espanha

A Polícia Nacional da Espanha confirmou que o aviso de explosivos que esta manhã causou o despejo de dois trens na estação de Sants (Barcelona) e parte da estação de Atocha (Madri) era falso

Falso alerta causa a evacuação de trens na Espanha

A Polícia Nacional da Espanha confirmou que a suspeita de bomba desta manhã causou a evacuação de dois trens na estação de Sants (Barcelona) e parte da estação de Atocha (Madri) era falsa, porque o suposto explosivo era na verdade uma fivela de cinto, fontes da polícia informaram à Efe. 

O alerta foi desencadeado pela suspeita de que uma mulher que subiu em um trem de alta velocidade em Sants em direção a Atocha poderia levar um explosivo em sua mala, mas a polícia parou o trem antes de chegar ao seu destino e verificou que o conteúdo da bagagem não era perigosa.

Na verdade, era uma fivela no cinto em forma de granada, fontes policiais explicaram à Efe. 

Tudo começou às 8 horas da manhã, quando o pessoal de segurança da estação de Barcelona detectou um objeto suspeito em uma mala, na forma de um artefato, e alertou os Mossos. 

A equipe evacuou os dois trens das pistas 3 e 4 da estação de Barcelona para verificar os comboios e as estradas AVE e pediram a Renfe que parasse a circulação de trens de alta velocidade ao passar pela estação.

Mas, aparentemente, de acordo com fontes da investigação da Efe, o atraso em dar essa advertência pelos vigilantes de Adif permitiu que a mulher que carregava a mala entrasse no trem para Madri. 

O trem teve que chegar à estação de Madri às 10h15, mas minutos antes, por ordem da Polícia Nacional, o pessoal do Adif começou a evacuar os cidadãos que estavam na estação. 

Os trens para Madri foram parados antes de chegar e a Polícia inspecionou a mala suspeita e verificou que o suposto explosivo era na verdade uma fivela, enquanto os Mossos também descartaram a presença de explosivos. EFE



Notícias relacionadas