Aumenta o número de mártires em Gaza

A cifra dos mártires palestinos aumentou para 62 devido aos tiros dos soldados israelenses contra os manifestantes

Aumenta o número de mártires em Gaza

O número de mártires palestinos aumentou para 62, devido os disparos contra os soldados israelenses contra os manifestantes que estavam tentando protestar contra a transferência da embaixada dos Estados Unidos de Tel Aviv para Jerusalém na comemoração do 70º aniversário da Nakba na fronteira de Gaza.

O Ministério da Saúde da Palestina informou que soldados israelenses ontem martirizaram o palestino Nasir Ahmad Gurab, de 51 anos.

Enquanto isso, o número de feridos ultrapassou 2.770.

Os oito dos mártires gazis tinham menos de 18 anos de idade, enquanto entre os feridos estavam 225 crianças e 86 mulheres.

Além disso, a bebê de oito meses, Leila, morreu depois de inalar gás lacrimogêneo durante os confrontos entre os manifestantes palestinos e soldados israelenses.

A mãe de Leila, Maryam al-Ghandur pressionou o corpo de sua filha contra ela e disse chorando: "Os israelenses a mataram" e acusaram Israel da morte de sua filha.



Notícias relacionadas