A Economia Mundial

Os países precisam de pôr em prática mecanismos que permitam aumentar a taxa de poupança.

A Economia Mundial

As taxas de poupança têm que ser aumentadas por forma a fazer crescer o stock de capital, que é uma das pedras basilares do desenvolvimento da economia. Os países precisam de pôr em prática mecanismos que permitam aumentar a taxa de poupança. O Sistema Privado de Pensões (SPP) é um dos mecanismos mais importantes neste processo.

Em muitos países desenvolvidos e em desenvolvimento, as instituições de capital que comercializam fundos de pensões privados são de grande importância pelos seus investimentos corporativos e pela sua capacidade em fornecer fundos de longo prazo aos mercados.

O Sistema Privado de Pensões é um sistema aplicado em países desenvolvidos e em vias de desenvolvimento, e é criado com base nas poupanças regulares das pessoas nos períodos em que têm rendimentos. Esta poupança é mais tarde convertida em rendimento, quando estas pessoas se reformam.

Quando olhamos para os países desenvolvidos, observamos que os SPP são um dos fatores mais importantes a contribuir para as altas taxas de poupança. Adicionalmente, muitos países em vias de desenvolvimento dependem dos fluxos de capital de curto prazo, que permitem aumentar o nível de bem estar das pessoas durante a sua reforma, e fornecem um recurso significativo para a economia devido à acumulação de capital graças aos SPP.

Existem diferenças nos Sistemas Privados de Pensões dos vários países, nomeadamente na forma como eles são aplicados. Este sistema complementa o sistema de segurança social em alguns países, enquanto que noutros o substitui por completo.

O Sistema Privado de Pensões segundo o modelo anglo saxónico, é aplicado com sucesso em países como os Estados Unidos, o Reino Unido, a Austrália e a Holanda.

No caso chinês, é uma grande ajuda o facto da taxa de poupança nesse país ser superior a 50%, o que permite que os investimentos no país sejam financiados acima de tudo pelas poupanças internas. Esta questão é muito importante para países como a Turquia, que têm vontade de investir mas têm dificuldades em financiar esses investimentos. A Turquia, com a sua economia em desenvolvimento, é um país dependente  da acumulação de capital de origem estrangeira. Além disso, as taxas de poupança no país são baixas quando comparadas com muitos outros países.

Neste contexto, o Sistema Privado de Pensões – que foi lançado em 2 003 e que se tornou obrigatório a partir de 1 de janeiro de 2 017, irá funcionar como um mecanismo crucial para aumentar as baixas taxas de poupança da Turquia. A participação neste sistema privado de pensões é obrigatória em alguns países, enquanto que noutros as pessoas podem optar por se juntar ou não a este sistema.

O Sistema Privado de Pensões, que foi lançado com o objetivo de aumentar as baixas taxas de poupança na Turquia, representa uma das reformas estruturais para corrigir as deficiências que constituíam um dos maiores problemas da economia Turquia. Neste contexto, o governo optou por tornar obrigatória a participação neste sistema privado de pensões. O objetivo principal desta decisão é encorajar o aumento das poupanças domésticas, e garantir que as pessoas possam manter durante a reforma, o mesmo nível de vida que tinham quando estavam a trabalhar. Isto só será possível, se durante o seu período de vida ativa laboral fizerem poupanças regulares, e se essas poupanças forem aplicadas na economia do país como um recurso de investimento.

Quando olhamos para os métodos postos em prática com o SPP obrigatório e recentemente lançado na Turquia, constatamos que todos os trabalhadores nascidos em 1 972 ou depois desse ano, serão integrados neste sistema. Isto significa que todos os trabalhadores com menos de 45 anos terão que participar obrigatoriamente no sistema privado de pensões. Neste contexto, espera-se que entrem neste sistema 14 milhões de trabalhadores.

Foi anunciado que o menor montante possível de contribuição por parte dos trabalhadores para este sistema, será de 53 TL. A contribuição máxima foi fixada em 340 TL. Os trabalhadores agora introduzidos neste sistema, podem retirar os valores pagos ao fim de 2 meses. O governo irá fazer uma contribuição  adicional de 25%, por cada contribuição feita pelos cidadãos para este sistema, bem como uma contribuição de única no valor de 1 000 TL, para incentivar os cidadãos a participar neste sistema e a terem uma vida confortável no futuro, devido ao aumento das suas taxas de poupança.

 

 

 

 

 

 

O aumento da taxa de poupança é de grande importância para a estabilidade económica e para o crescimento. À medida que a taxa de poupança aumenta com a implementação do novo sistema, esta situação terá um papel crucial na finalização dos investimentos e dos grandes projetos de infraestrutura. Será também um passo importante na continuação da estabilidade do crescimento económico.

É importante para a economia da Turquia que as baixas taxas de poupança – apontadas como desculpa por parte das agências de notação de crédito para o corte do rating de crédito da Turquia e para os movimentos especulativos ao longo de muitos anos – sejam corrigidas com a implementação deste novo sistema.



Notícias relacionadas