Lewis Hamilton garante a conquista do título de campeão mundial de Fórmula 1

O piloto britânico Lewis Hamilton tornou-se campeão mundial de Fórmula 1, apesar de terminar apenas na 9º posição no Grande Prémio do México, disputado no Autódromo Hermanos Rodríguez na cidade do México, com 4 304 metros de extensão.

Lewis Hamilton garante a conquista do título de campeão mundial de Fórmula 1

Estamos a chegar ao final da temporada dos desportos motorizados. Já sabemos quem é o novo campeão de Fórmula 1 e já só falta uma corrida para sabermos quem será o novo campeão de Moto GP.

O piloto britânico Lewis Hamilton garantiu mais um título de campeão mundial de Fórmula 1, apesar de terminar apenas na 9º posição no Grande Prémio do México, disputado ao longo de 71 voltas no Autódromo Hermanos Rodríguez na cidade do México, com 4 304 metros de extensão. Para se sagrar campeão, Hamilton apenas precisava de garantir uma vantagem pontual de 50 pontos face ao seu mais direto rival, o alemão Sebastian Vettel. O nono lugar no México, apesar de modesto, foi suficiente para garantir a conquista do campeonato. Este é o quarto título mundial de Fórmula 1 para Lewis Hamilton.

Na primeira curva da 17ª corrida desta temporada, o Grande Prémio do México, os carros de Vettel, Verstappen e Hamilton chocaram uns contra os outros. Do acidente, resultou o rebentamento do pneu traseiro do lado direito do carro de Hamilton, e Vettel danificou a parte direita do seu carro. Este acidente obrigou a uma paragem técnica da corrida, e os dois pilotos foram obrigados a partir da última linha da grelha de partida na nova largada. O maior beneficiado desta situação foi Mark Verstappen, que acabaria por vencer o Grande Prémio do México. Vettel deu o tudo por tudo para manter vivas as esperanças de ainda poder ser campeão este ano, mas terminou apenas na 4ª posição. O quarto lugar de Vettel aliado à nona posição de Hamilton, selaram o desfecho mais que provável, de Hamilton ser novamente campeão este ano.

Após o Grande Prémio do México, a classificação do Campeonato Mundial de Fórmula 1 ficou ordenada da seguinte forma: Lewis Hamilton lidera com 331 pontos. No segundo lugar está Sebastian Vettel com 277 pontos e na terceira posição continua Valtteri Bottas com 262 pontos. O piloto australiano Daniel Ricciardo é o quarto classificado com 192 pontos, e bem perto de si está Kimi Raikkonen na quinta posição com 188 pontos.

A 18ª corrida da temporada de Fórmula 1 terá lugar no Brasil este fim de semana, no dia 12 de novembro.

Continuando nas pistas e nos desportos motorizados, avançamos agora para as duas rodas: Quem será o próximo campeão de Moto GP? A próxima corrida será sem dúvida alvo de enorme atenção e entusiasmo, com Andrea Dovizioso - o atual segundo classificado do campeonato – a disputar o título mundial com Marc Márquez – o atual líder da prova. Na última corrida, o Grande Prémio da Malásia (a décima sétima corrida desta época), Dovizioso ganhou e Márquez ficou em 4º lugar. Na Malásia, e num circuito com 5,5 kms de extensão, Jorge Lorenzo permitiu que o seu colega de equipa, Andrea Dovizioso, se adiantasse na corrida quando faltavam apenas 5 voltas para o fim. A vitória de Dovizioso na Malásia foi muito importante para manter vivo o sonho de chegar à liderança do campeonato. Nesta corrida, Lorenzo terminou na segunda posição e Johann Zarco ficou em terceiro. Marc Márquez, o líder do campeonato, terminou a corrida na quarta posição.

A resposta sobre quem será o campeão de Moto GP este ano, ficará mais clara depois da 18ª corrida que irá ser disputada este domingo, 12 de novembro, em Valência. À partida para o Grande Prémio de Espanha, a diferença entre Márquez e Dovizioso está agora reduzida a 21 pontos.

Das pistas passamos agora para os courts, para dar destaque a Roger Federer. O tenista suíço venceu o seu 95º título individual no Torneio de Basileia. A jogar em casa, Federer defrontou na final o argentino Juan Martín del Potro. O torneio de Basileia é disputado em piso duro e conta para a classificação ATP. Federer venceu Del Potro por 2-1, com os parciais de 6-7, 6-4 e 6-3.

Depois de vencer o Torneio de Basileia, Federer anunciou que não irá participar no Masters de Paris. Com esta decisão, Federer deixa cair a sua última oportunidade de terminar o ano como número 1 do mundo. Federer decidiu terminar a sua temporada de 2 017 já este fim de semana, depois de disputar o torneio ATP que arranca no dia 12 de novembro em Londres.

Continuando no ténis, mas agora em senhoras, destaque para a tenista dinamarquesa Caroline Wozniacki, que este ano terminou a temporada WTA na primeira posição. Wozniacki obteve a sua primeira vitória neste torneio, depois de vencer a sua adversária americana Venus Williams por 2-0, pelos parciais de 6-4 e 6-4.

No atletismo, notícias tristes sobre doping. O atleta espanhol Ilias Fifa, vencedor da medalha de ouro nos 5 mil metros durante o Campeonato Europeu de Atletismo, foi preso no âmbito de uma operação anti doping.

Terminamos o programa de hoje a falar de ciclismo, para dar destaque a Chris Froome e Marcel Kittel, talvez os dois melhores ciclistas da atualidade. No último confronto entre os dois, Kittel saiu vencedor, batendo o seu maior rival por 20 segundos. Kittel conseguiu assim a desforra sobre Froome, que nos dois últimos confrontos tinha saído vencedor.

Termina por aqui o nosso programa desta semana, mas nunca acabará o Desporto Mundial…

Este programa foi escrito por Ali Tansu Polatkan



Notícias relacionadas