“Os membros do DAESH libertados vão massacrar inocentes em todo o mundo”

O primeiro ministro Binali Yildirim reagiu contra a colaboração entre as organizações terroristas PKK/PYD e o DAESH em Al-Raqqa.

“Os membros do DAESH libertados vão massacrar inocentes em todo o mundo”

O primeiro ministro turco Binali Yildirim classificou que “vis”, as imagens do PKK/PYD/YPG – o grupo terrorista separatista apoiado pelos Estados Unidos – a evacuar de Al-Raqqa os terroristas do DAESH com as suas armas.

O primeiro ministro e secretário geral adjunto do Partido da Justiça e Desenvolvimento (Partido AK), falou sobre esta questão na reunião com o seu grupo parlamentar na Grande Assembleia Nacional da Turquia (TBMM), e classificou de “vil” a colaboração entre as organizações terroristas PKK/PYD e o DAESH em Al-Raqqa.

“Porem-se ao lado de uma organização terrorista para destruir outra organização terrorista, não é algo que os estados devam fazer” – sublinhou Yildirim.

“Os membros do DAESH, libertados de Al-Raqqa com as suas amras, vão realizar novos atos em todo o mundo, e principalmente na Turquia, nos Estados Unidos e na Europa”.

Yildirim acrescentou ainda que os países ocidentais têm uma atitude hipócrita sobre o terrorismo:

“Se continuarem assim, vão ter um problema. É importante a cooperação entre estados contra os grupos terroristas. Não vão conseguir resolver nada colaborando com o terrorismo. Os membros do DAESH agora libertados vão matar inocentes em todas as partes do mundo”.

As imagens da colaboração entre os terroristas do PKK/PYD e do DAESH, foram divulgadas pelo canal público de televisão do Reino Unido, a BBC.



Notícias relacionadas