"A caixa do Pandora foi aberta após a decisão dos EUA"

O primeiro-ministro turco e o vice-primeiro ministro condenaram severamente a decisão dos EUA sobre Jerusalém

"A caixa do Pandora foi aberta após a decisão dos EUA"

O primeiro-ministro turco, Binali Yıldırım, indicou que a decisão dos EUA sobre Jerusalém é nula para a Turquia.

"Esta decisão é um sério golpe para o processo de paz no Oriente Médio e para os esforços de paz entre a Palestina e Israel".

Yıldırım ofereceu uma declaração escrita:

"O anúncio dos EUA de Jerusalém como a capital de Israel e os passos vinculativos para isso são nulos para a República da Turquia. Esta decisão é um sério golpe para o processo de paz no Oriente Médio e para os esforços de paz entre a Palestina e Israel. Com esta decisão, a caixa de Pandora foi aberta ".

Yıldırım sublinhou que condena firmemente a decisão:

"Esta decisão elimina totalmente a paz na Palestina e no Oriente Médio, é um verdadeiro exemplo de irresponsabilidade, uma decisão tomada por preocupações políticas. Condeno severamente aqueles que tomaram essa decisão. É de vital importância respeitar o estatuto de todos os lugares sagrados de Jerusalém e não dar lugar a fatos consumado ".

O vice-primeiro ministro, Bekir Bozdağ, também falou sobre o assunto:

"Nós condenamos os EUA por esta decisão que é injusta, que lança o mundo no fogo e que envolve a violação aberta do direito internacional e as resoluções da ONU. Esta decisão é nula para nós. Os muçulmanos e os países islâmicos têm que proteger Jerusalém e o estatuto de Jerusalém ".



Notícias relacionadas