Partidos turcos emitem um comunicado comum sobre a decisão de Trump

“Jerusalém é o coração do Médio Oriente que procura a liberdade e a paz com base em 3 religiões monoteístas” – diz o comunicado.

Partidos turcos emitem um comunicado comum sobre a decisão de Trump

Os 4 partidos políticos com assento parlamentar na Grande Assembleia Nacional da Turquia, emitiram uma declaração comum na qual se opõem de forma taxativa e absoluta face ao “plano errado de reconhecer Jerusalém como a capital de Israel”, da iniciativa do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

O comunicado comum do Partido da Justiça e Desenvolvimento (Partido AK), do Partido Popular Republicano (CHP), do Partido Democrático dos Povos (HDP) e do Movimente de Ação Nacionalista (MHP), diz que não se pode mudar o estatuto de Jerusalém nem violar as resoluções das Nações Unidas. O comunicado diz também que “Jerusalém é o coração do Médio Oriente que procura a liberdade e a paz com base em 3 religiões monoteístas.

Jerusalém é a nossa primeira quibla, é a cidade preferida do mundo, que ganhou a sua identidade histórica, cultural e religiosa ao receber os locais sagrados de três religiões monoteístas, com o al-Haram al-Sharif (Monte do Templo). É de vital importância proteger e apoiar este estatuto especial de Jerusalém, para que se possa viver num mundo em paz. Depois da II Guerra Mundial viveu-se uma série de dramas humanos, morais e políticos na região do Médio Oriente, principalmente em Jerusalém”.

Com esta declaração, os partidos políticos turcos quiseram declarar à opinião pública mundial a “vontade da Grande Assembleia Nacional da Turquia de recusar de forma firme e indiscutível esta iniciativa aventureira”.



Notícias relacionadas