Turquia prende 19 por ataque armado contra partido no poder

Na quinta-feira, 4 pessoas morreram, 8 ficaram feridas em um ataque armado ao Partido Justiça e Desenvolvimento no sudeste da Turquia.

Turquia prende 19 por ataque armado contra partido no poder

Pelo menos 19 suspeitos, incluindo um candidato do Partido Democrático Popular (HDP) para o parlamento, foram presos no sábado em conexão com um ataque armado aos membros do partido no poder no leste da Turquia.

Trabalhadores do Partido AKP, incluindo o membro do parlamento Ibrahim Halil Yildiz, fizeram uma campanha nesta quinta-feira e foram atacados por um grupo armado no distrito de Suruc, em Sanliurfa, deixando quatro pessoas mortas e oito feridas.

Embora Yildiz tenha sobrevivido ao ataque sem ferimentos, seu irmão mais velho, Mehmet Ali Yildiz, morreu depois de sucumbir aos ferimentos no hospital.

O governador de Sanliurfa disse em um comunicado que Yildiz, acompanhado por um grupo de pessoas, visitava comerciantes no centro de Suruc quando uma discussão se transformou em uma briga.

19 suspeitos, incluindo Ismail Kaplan, legislador do HDP candidato a Sanliurfa, e alguns funcionários distritais do HDP e do Partido Regiões Democráticas (DBP) foram presos depois que a promotoria pública no sudeste da província de Sanliurfa emitiu mandados de prisão para 23 suspeitos.



Notícias relacionadas