Subiu para 4 o número de emigrantes mortos entre os 80 resgatados dos botes

A operação de salvamento no Mar de Alborán, que resgatou 80 pessoas de origem subsariana que viajavam em botes para Europa, não conseguiu evitar a morte de 4 pessoas.

Subiu para 4 o número de emigrantes mortos entre os 80 resgatados dos botes

Foram 4 e não 3, o número de mortos confirmados após a operação de salvamento no Mar de Alborán, que resgatou 80 pessoas de origem subsariana que viajavam em botes para Europa.

Os emigrantes foram localizados por um helicóptero Helimer 204 de salvamento marítimo, e depois de identificados os emigrantes foram levados para Melilla em duas embarcações.

Num dos botes viajavam 53 imigrantes, como 4 deles já mortos. No outro bote viajavam 27 pessoas, de acordo com a informação divulgada pela Guarda Costeira espanhola na sua conta de Twitter.

Os botes navegavam em alto mar, perto da costa da Melilla. As autoridades espanholas decidiram por isso levar os emigrantes para essa cidade. Entre as pessoas salvas, há crianças e uma mulher grávida.

Os 76 sobreviventes foram observados e cuidados pela Cruz Vermelha depois de chegarem a terra, e após receberem cuidados médicos foram levados Centro de Acolhimento Temporário de Emigrantes de Melilla, onde foram recebidos com aplausos pelas pessoas alojadas nesse centro.



Notícias relacionadas