• Galeria de Vídeos

Milhões de pessoas podem passar fome em Hodeida se houver um ataque

Na declaração escrita feita pela UNICEF, chamou-se a atenção para a crise humanitária em Hodeida, que enfrenta ameaça de ataque

Milhões de pessoas podem passar fome em Hodeida se houver um ataque

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) alertou que milhões de pessoas enfrentam o risco de passarem fome no caso de um ataque militar a Hodeida, uma das cidades portuárias importantes do Iêmen, através da qual ajuda humanitária entra para o país e e está sob o controle dos Houthis.

Na referida declaração foi apontado que em Hodeida e arredores vivem pelo menos 300 mil crianças: "No Iêmen, milhões de crianças dependem da ajuda humanitária e dos produtos comerciais que chegam a esse porto. Se a comida não entrar pelo porto, uma das maiores crises humanitárias do mundo vai piorar."

A declaração também chamou a atenção para o fato de que 11 milhões de crianças no Iêmen precisam de ajuda e que um possível ataque ao porto de Al Hudayda, que é de vital importância, teria resultados muito destrutivos.



Notícias relacionadas