• Galeria de Vídeos

Prefeito grego atacado por expressar sua amizade com a Turquia

Quatro pessoas foram detidas na Grécia pelo ataque racista contra o prefeito de Tessalônica, Yiannis Boutaris.

Os detidos serão questionados hoje pelo promotor.

O líder de 75 anos de idade que fez declarações positivas sobre a Turquia e seu grande líder Ataturk durante as comemorações do dia 19 de maio, foi atacado por um grupo de gregos de extrema direita, sendo alvo de aborrecimentos verbais e pressão para deixar o evento na qual saiu vaiado pelos racistas.

Boutaris, que deu grande importância à amizade turco-grega, é conhecido por chamar o povo turco de irmão, sendo criticado pelos gregos fanáticos.